foto
foto
‹‹ Voltar
27 de dezembro de 2019

Organizações e a Questão de Gênero

Desde o mês de março, mês que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, a Synergia vem mobilizando suas colaboradoras para análise da incorporação da perspectiva de gênero na atuação pessoal e profissional.

A partir da adesão voluntária dessas profissionais em oficinas, atividades lúdicas e culturais, leitura e reflexão de artigos relacionados ao mundo corporativo, campanha de prevenção da saúde, surgiu o Projeto ¨Essas Mulheres¨, que conectou as Mulheres da Synergia com Mulheres-Referência em políticas públicas, arte e cultura, defesa de direitos, e que de maneira multidisciplinar lutaram ou ainda lutam por equidade, em suas áreas de atuação.

Nesta agenda de gênero, dentre 46 sugestões, foram eleitas 16 mulheres cujo nome, imagem e breve história nominaram as Salas de Reunião da Consultoria.

O que é ser mulher? Hoje para mim ser mulher é me deslumbrar com o encantamento na descoberta da sororidade e com a capacidade e compreensão de luta. É saber que todo sofrimento pode ser transformado! É entender tudo que se passou comigo e olhar para um futuro de todas as mulheres juntas de verdade, perceber a injustiça com as mulheres negras e trans e aprender com a garra delas. É levantar todos os dias e lembrar as mulheres que admiro desde sempre e as que aprendi a admirar; e sonhar com todas que ainda vou conhecer. É andar junto com Djamila, Shimamanda, Clarice, Nísia, Beauvoir, Octavia Butler, Marielle, Leda, Elis, Jujuba, Emily, Ethiene, Adriana e Marli.

Clarissa Age, Gestora de Marketing

Ações desta natureza não podem mais representar um grande tabu dentro das organizações, por isto a Synergia, que já é vanguarda em Socioeconomia, mantém vivo o debate proativo e protagonista de ações qualitativas sobre igualdade de gênero e equidade, dentro e fora de seus territórios de atuação.

Acesse os artigos compartilhados durante a campanha:

 

Compartilhar
Enviar por e-mail
Imprimir