Programa Geração: empreendedorismo econômico e incentivo à economia solidária em Itapoá, Santa Catarina

Programa Geração: empreendedorismo econômico e incentivo à economia solidária em Itapoá, Santa Catarina

O Programa Geração, desenvolvido pelo Porto Itapoá e conduzido pela Synergia na cidade de Itapoá (Santa Catarina), teve como principal objetivo apoiar o empreendedorismo econômico e solidário local a partir da concepção e execução de um projeto de incubação de negócios que despertasse os interesses coletivos de produção existentes da área de influência do Porto Itapoá.

Com início em setembro de 2019 e término em setembro de 2021, foram dois anos de trabalho intenso para o desenvolvimento do projeto e a aplicação das atividades com as artesãs, artesãos e quituteiras da cidade, que culminou com um projeto-piloto inicial envolvendo um grupo de quinze pessoas altamente engajadas.

Antes mesmo de sua finalização, o Programa Geração já era considerado um case de sucesso reconhecido pelas entidades locais por proporcionar o desenvolvimento social na área de influência direta do Terminal Porto Itapoá. Em 2020, o Programa garantiu para o cliente o Prêmio Empresa Cidadã ADVBSC 2020, na categoria Participação Comunitária, por estimular e apoiar o empreendedorismo econômico e solidário.

O programa foi sustentado por quatro pilares:

  • Formação de um grupo sólido. Por meio da inspiração de histórias e aulas de negócios, o Geração pretendeu demonstrar a importância da coletividade e do trabalho cooperativo;
  • Aperfeiçoamento do produto com consultorias e aulas de especialistas nos temas de interesse das pessoas envolvidas no programa;
  • Identidade do produto expressada pela tradução da história, cultura e paisagens de Itapoá nos artesanatos e quitutes, atraindo consumidores e consumidoras para a região em busca de produtos exclusivos;
  • Gestão de Negócios determinada por consultorias com especialistas que auxiliaram as/os empreendedoras/es a pensarem em seus modelos de negócios e a manterem as vendas de seus produtos ou serviços de forma sustentável.

O Programa tinha o desafio de promover o desenvolvimento da coletividade, por meio da construção de uma rede de cooperação com os artesãos, as artesãs e quituteiras locais, superando a atuação individualizada que era característica desses grupos.

Esses desafios foram superados ao longo das atividades, quando as/os participantes compreenderam que alcançariam resultados melhores ao aprenderem e trabalharem juntas/os, melhorando os seus produtos e vendas.

A formação de um grupo sólido foi, inclusive, apontada nas pesquisas realizadas com as/os participantes como um dos pontos mais importantes do trabalho. O grupo criou uma forte relação de interação e ajuda mútua que, segundo depoimentos, além dos aspectos de melhoria dos produtos, ajudou a reduzir a solidão durante o isolamento causado pela pandemia de covid-19.

É importante destacar que a pandemia agregou mais um desafio para a realização do programa, obrigando que a Synergia reestruturasse o modelo de trabalho preconcebido, presencial, para o modelo à distância. Assim, como forma de superar esse obstáculo, todas as interações entre as/os participantes se deram de forma on-line, durante a pandemia. As atividades de capacitação profissional foram realizadas por meio de oficinas e cursos no formato de videochamadas e/ou disponibilizados pelo canal no Youtube criado especialmente para o programa.

Essa adaptação abriu a possibilidade de expandir ainda mais o alcance das ações do Programa Geração, já que algumas das videoaulas preparadas para as/os participantes agora estão disponíveis para qualquer pessoa que tenha interesse em aprimorar as atividades artesanais, de culinária e até mesmo de logística para os seus empreendimentos.

Como etapa final do trabalho, a Synergia apoiou as/os empreendedoras/es na apresentação de seus produtos em um evento on-line e ao vivo, que ocorreu em janeiro deste ano, quando os/as participantes puderam contar suas histórias, apresentar as marcas desenvolvidas durante a assessoria do programa e mostrar os seus produtos e serviços.

Neste evento também foi apresentado o site do Programa Geração. Desenvolvido para expor as marcas e os produtos e serviços oferecidos pelas/os participantes do projeto, o site foi pensado não apenas como uma vitrine, mas também como um canal de vendas.

Viabilizando entregas para todo o Brasil, o site se demonstrou uma boa alternativa para o envio dos produtos para fora da região. Já para os prestadores de serviços e produtoras/es de gêneros alimentícios, o site aumentou a visibilidade e promoveu as suas ofertas de produtos e serviços, favorecendo o reconhecimento das suas marcas e alavancando suas vendas na região de Itapoá.

De acordo com os resultados comparativos das pesquisas realizadas, no início e no final do projeto para avaliar os resultados do programa, o Geração trouxe benefícios como:

  • Efeito positivo na percepção sobre a precificação de seus produtos, pois os/as empreendedoras/es foram incentivadas/os a refletir sobre todos os itens não considerados em seus orçamentos anteriormente, atingindo um valor mais justo no preço final de venda;
  • Influência nas vendas de 58% das/os empreendedoras/es, que diversificaram e aumentaram a quantidade e qualidade de produtos e serviços ofertados.
  • Apoio na definição de estratégias para que os negócios alcançassem novos clientes;
  • Construção de novas parcerias, dentro e fora do grupo;
  • Criação da marca pessoal de cada empreendedor/empreendedora;
  • Aumento na renda familiar de 21% das/os participantes. Um bom número quando considerados os impactos da pandemia nas vendas, que não eram o foco do projeto-piloto, e o fato de que o artesanato e a produção de quitutes ainda não são vistos como a ocupação principal para a maior parte dos/as participantes.

Para Claudete Aparecida, artesã, o programa trouxe novas possibilidades para o seu negócio: “Estou superfeliz com o Geração. Ele representa, para mim, uma oportunidade de conhecer pessoas e de mostrar meus produtos. No Programa eu aprendi como realizar melhor meus produtos, ter novas ideias e a fazer produtos diferentes do que fazia.”, comenta.

Patricia Dall ‘Onder, especialista de Responsabilidade Social do Porto Itapoá, acredita que o programa tenha alcançado resultados positivos para os/as participantes, principalmente pelo conhecimento gerado, que fica como um legado. Para a especialista, as ações desenvolvidas irão influenciar a vida na comunidade daqui em diante:

Acredito que a influência se dá através do conhecimento para a organização de um negócio. O talento para a elaboração dos quitutes ou artesanatos já era um ponto forte dos participantes. A dificuldade que existia, era em como precificar, montar orçamento, potencializar venda, apresentar os produtos, construir parcerias, ter uma identidade que identificasse o produto como local. E isso, com certeza, não será mais esquecido e já está impresso na realidade destes participantes. Com uma melhor organização do seu negócio, mesmo que informal, eles despontam com um diferencial na apresentação dos produtos para os consumidores, então todo mundo ganha!

Recursos aplicados

  • Pesquisas quantitativas e qualitativas para elaboração de diagnóstico e análise comparativa
  • Metodologias participativas
  • Aulas expositivas
  • Dinâmicas interativas
  • Técnicas de mobilização
  • Planejamento e gestão de negócios
  • Educação à distância com conteúdos técnicos e sobre negócios
  • Relacionamento com comunidades
  • Criação e produção audiovisual e multimídia
Ficha técnica

Setor de atuação: Infraestrutura

Local: Santa Catarina

Período: 2019 a 2021

Cliente: Itapoá Terminais Portuários S.A

Abrangência: Comunidade da área de influência direta do Porto Itapoá, dos bairros de Pontal e Figueira do Pontal.

Objetivo: Estimular e apoiar o empreendedorismo econômico e solidário local a partir da concepção e execução de um projeto-piloto que estimulasse os interesses coletivos de produção já existentes na área de influência do Porto Itapoá, como os casos das mulheres quituteiras, das artesãs e artesãos.

Resultados: O programa deixou um legado de conhecimento para os negócios da comunidade local, envolvendo a identidade de produtos e marcas, a abertura de novos canais de acesso a clientes, a qualidade das cadeias produtivas e a melhoria na execução e monitoramento de planos de negócios. Seu maior resultado, no entanto, foi a formação de um grupo sólido de pessoas que se apoiam e que caminham para a formação de uma associação/cooperativa, o que deve ser realizado na continuidade deste projeto. Além disso, a criação do canal do Programa no YouTube e o site exclusivo para venda dos produtos de forma on-line.

Soluções relacionadas a este case:

Palavras de quem fez parte

Aspas
Estou superfeliz com o Geração. Ele representa, para mim, uma oportunidade de conhecer pessoas e de mostrar meus produtos. No Programa eu aprendi como realizar melhor meus produtos, ter novas ideias e a fazer produtos diferentes do que fazia.
Claudete Aparecida
ARTESÃ DE ITAPOÁ
SANTA CATARINA
Claudete Aparecida
ARTESÃ DE ITAPOÁ
SANTA CATARINA
Aspas
O trabalho e o engajamento da equipe da Synergia foram fundamentais para o sucesso do programa, que até reconhecimento através de premiação obteve. Os técnicos tiveram uma atuação muito atenciosa e cuidadosa às necessidades dos participantes.
Patricia Dall 'Onder Diez ESPECIALISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL - PORTO ITAPOÁ
Patricia Dall 'Onder Diez
ESPECIALISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL - PORTO ITAPOÁ
SANTA CATARINA
Patricia Dall 'Onder Diez ESPECIALISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL - PORTO ITAPOÁ
Patricia Dall 'Onder Diez
ESPECIALISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL - PORTO ITAPOÁ
SANTA CATARINA

Conheça mais sobre a Synergia

Cadastre-se e receba nossas novidades.

    A Synergia se preocupa com o uso de seus dados pessoais e estes serão mantidos em segurança e sigilo, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Para mais informações, consulte nosso aviso de privacidade.

    Galeria do projeto

    Nossos cases

    Projetos que refletem nossa cultura de excelência, integridade e transparência.