Colaboradora conversa com pescador impactado por barragem

Cadastro de impactados pela barragem de rejeitos de Fundão

Desde o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, a SAMARCO, num primeiro momento, e a Fundação RENOVA, após ser constituída, realizam ações para identificar a população atingida pelo desastre e suas necessidades de reparação para perdas materiais ou imateriais, como: perda de parentes, imóveis e paralização de atividades econômicas e produtivas.

Até o momento foram realizados o Cadastro Emergencial, feito imediatamente após o desastre, e o Cadastro Integrado – Fase 1, onde uma pesquisa mais detalhada e abrangente sobre as famílias atingidas e os impactos decorrentes do desastre foi realizada, permitindo a obtenção das informações necessárias à construção das medidas de reparação dos atingidos, totalizando o registro de 98.204 mil pessoas, que fazem parte de 30 mil famílias.

O cadastramento das famílias afetadas pelo rompimento da Barragem do Fundão permitiu o conhecimento profundo das condições sociais e das perdas sofridas pelas comunidades, o que foi essencial para a avaliação da indenização.

Ao longo de 4 anos, mais de 130 profissionais contribuíram no processo de reparação dos danos causados aos impactados. Foram 98.204 pessoas atendidas, localizadas em 40 municípios, e 34.695 portfólios entregues.

O cadastro também envolveu a realização de 10.042 laudos de avaliação patrimonial, que permitiram dimensionar as perdas materiais de cada propriedade afetada pelo desastre.

Construímos uma metodologia sólida e uma equipe competente. Revisamos processos, planejamos, definimos metas, criamos indicadores, planos de ação e, por fim, cumprimos prazos e compromissos assumidos.

Recursos aplicados

  • Criação e monitoramento de banco de dados
  • Pesquisas quantitativas e qualitativas
  • Monitoramento, análise e modelagem de dados socioeconômicos
  • Criação e produção gráfica, audiovisual e multimídia
  • Avaliação de impactos socioeconômicos e ambientais
  • Levantamentos cartográficos e sistema de informação georreferenciadas
  • Comunicação, monitoramento e acompanhamento das partes interessadas
  • Relacionamento com comunidades
  • Assessoria para gestão de conflitos em desastres ambientais
  • Mediação e gestão de conflitos
  • Estudos e diagnósticos
  • Laudos de avaliação imobiliária e patrimonial
  • Gerenciamento de reparações em desastres ambientais
  • Cadastro e/ou caracterização socioeconômicos
Ficha técnica

Setor de atuação: Mineração, Siderurgia e Indústria Petroquímica

Local: Minas Gerais

Período: 2016 – 2020

Cliente: Fundação RENOVA

Abrangência: 40 municípios (Minas Gerais e Espírito Santo, Brasil).

Objetivo: Levantar informações dos impactados e dimensionar as perdas das famílias pelo rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, apoiando com dados técnicos o estabelecimento de uma reparação justa e adequada.

Resultados: Levantamento de dados de mais de 30 mil famílias no âmbito do Programa de Cadastro de Fundação Renova, que permitiu verificar as condições sociais e as perdas sofridas, para apoiar o cálculo das indenizações.

Soluções relacionadas a este case:

Palavras de quem fez parte

Aspas
A interação da equipe com as famílias impactadas foi desafiadora por todo o contexto de atuação. Ter encerrado todos os laudos e portfólios das famílias impactadas é gratificante. Pensar que isso deve gerar uma recompensa para elas faz o trabalho ter sentido.
Valéria Sampaio
Gerente de Projetos
Minas Gerais
Valéria Sampaio
Gerente de Projetos
Minas Gerais

Galeria do projeto

Nossos Cases

Projetos que refletem nossa cultura de excelência, integridade e transparência.