Apresentação em evento com a comunidade pós-ocupação

Mediação de conflitos no Conjunto Habitacional Lavras

O projeto, realizado em parceria com a DUCTOR, foi responsável por atender as 600 famílias removidas de áreas afetadas por inundações ou reassentadas em função da construção do Parque Várzea do Tietê. O trabalho contemplou o Conjunto Habitacional Lavras, em Guarulhos/SP, que faz parte do programa “Minha Casa, Minha Vida”, e tem um total de 1.460 unidades habitacionais.

Liderada pelas mulheres, a comunidade assumiu a responsabilidade social de cuidar do ambiente do condomínio.

Visando a integração entre as famílias e a consolidação de vínculos positivos dos moradores com a nova habitação, a equipe técnica da Synergia promoveu visitas domiciliares, oficinas participativas, feiras comunitárias e vivências que estimularam discussões em espaços democráticos e participativos. Além destas, foi possível aplicar metodologias de incentivo à organização comunitária, ao empoderamento feminino e à apropriação social dos espaços comuns do conjunto habitacional.

Como parte fundamental do projeto, também foi realizado o monitoramento da adaptação e evolução das condições de vida da população reassentada, do processo de reinserção social e econômica das famílias e da qualidade ambiental do condomínio. Todas as etapas envolveram a participação dos moradores.

Recursos aplicados

  • Monitoramento, análise e modelagem de dados socioeconômicos
  • Criação e produção gráfica, audiovisual e multimídia
  • Trabalho Técnico Social
  • Relacionamento com comunidades
  • Gestão local participativa
  • Mediação e gestão de conflitos
  • Criação e monitoramento de banco de dados
  • Estudos e diagnósticos
  • Pesquisas quantitativas e qualitativas
  • Desenvolvimento de tecnologia de gestão para projetos socioambientais
  • Comunicação, monitoramento e acompanhamento das partes interessadas
Ficha técnica

Setor de atuação: Infraestrutura

Local: São Paulo

Período: 2017 - 2019

Cliente: Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE) Parceiro: DUCTOR

Abrangência: Bairro de Lavras, Guarulhos / SP

Objetivo: Monitoramento do pós-ocupação do Conjunto Habitacional Lavras para acompanhar a integração de 600 famílias.

Resultados: Integração social de famílias de origens distintas; lideranças capacitadas em metodologias participativas; autonomia dos moradores para a gestão do condomínio e empoderamento feminino.

Soluções relacionadas a este case:

Palavras de quem fez parte

Aspas
Com o trabalho, a comunidade assumiu uma responsabilidade sobre o condomínio. Houve uma integração da comunidade, liderada pelas mulheres, que chegou à integração do condomínio com o bairro e estimulou a responsabilização do poder público e concessionárias.
Marcileia Toledo
Gerente de projetos
São Paulo
Marcileia Toledo
Gerente de projetos
São Paulo

Galeria do projeto

Nossos Cases

Projetos que refletem nossa cultura de excelência, integridade e transparência.