Radar

Brasil perdeu 15% das áreas de água doce nos últimos 30 anos

Publicado em: 31/08/2021

Um levantamento realizado pelo MapBiomas revelou que o Brasil perdeu 15,7% dos seus recursos hídricos nos últimos 30 anos. Por meio de imagens de satélite, pesquisadores/as analisaram o território nacional entre 1985 e 2020, e identificaram a crescente perda de superfície de água doce em todos os biomas e regiões hidrográficas do país.

Segundo o mapeamento, os 3,1 milhões de hectares perdidos em três décadas seriam equivalentes a “quase o dobro da superfície de água de toda a região nordeste em 2020”. O uso excessivo dos recursos hídricos, as mudanças climáticas, o desmatamento e a construção de barragens e hidrelétricas teriam sido as principais causas para o desaparecimento das áreas de água doce disponíveis.

Pantanal foi o bioma que passou por maior perda hídrica, com redução de 68% de sua cobertura de água. O bioma vem sofrendo com intensas queimadas, desmatamento e perda de biodiversidade, que aumentaram em decorrência das mudanças climáticas e de um afrouxamento nas medidas de fiscalização na área.

Pantanal: bioma foi o que perdeu mais água doce

Pantanal foi o bioma com maiores perdas hídricas. Foto: Mayke Toscano/Secom- MT

Caatinga ficou em segundo lugar, com 17,5% de redução da cobertura de água. É importante notar que a Caatinga foi o bioma brasileiro que teve mais queimadas em 2021, com o maior número de focos de incêndio dos últimos nove anos.

Completam a lista a Amazônia, com redução de 10,4% na superfície de água, a Mata Atlântica, com menos 1,4%, o Cerrado, com menos 1,3% e o Pampa, com redução de 0,5%.

Ainda segundo o mapeamento, 23 estados tiveram diminuição da superfície de água entre 1990 e 2020. Roraima e Mato Grosso alcançaram 50% de redução. O Mato Grosso do Sul foi o estado com a maior perda absoluta e relativa de água (57%) na série histórica de 36 anos, de 1985 e 2020.

Para os/as responsáveis pela pesquisa, embora os dados sejam alarmantes, ainda é possível reverter esse cenário. Ter o conhecimento dos problemas é extremamente importante para basear a criação de políticas e gestão de recursos hídricos capazes de parar a degradação. Para a equipe do MapBiomas, grande parte da solução estaria relacionada à resolução dos problemas que causam o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Selecionamos as principais notícias sobre o tema. Confira!   

Brasil perdeu 15% das áreas de água doce em três décadas

Brasil perdeu 15% dos seus recursos hídricos em 30 anos, uma perda de quase o dobro da superfície de água de todo o Nordeste

Brasil perdeu 15% da superfície de água em 30 anos; veja números

Brasil perde 15% de superfície de água desde o começo dos anos 1990

Fique por dentro